segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Para que serve o mapa?

O livro a ser resenhado traz a problemática que envolve o ensino-aprendizagem de geografia durante o processo de escolarização está pautada na ação de colorir mapas e decorar os estados brasileiros. Mas o que é um mapa? Para que serve um mapa? Quais as informações encontradas no mapa? Isso tudo a escola não ensina, deveria, mas infelizmente não ensina.
O objetivo do ensino da geografia é de que o cidadão possa conhecer o ambiente em que vive, suas transformações ao longo do tempo, suas condições, seus climas, construir concepção de espaço e suas representações.
A criança quando entra na escola ela não o conceito de espaço formado, porém vivencia espaço diariamente em sua rotina, sua rua, sua casa, sua escola, o trajeto entre esses lugares, tudo isso é constituído por espaços, cada um com suas características próprias e isso deve ser levado em consideração pelo professor assim como a valorização do espaço  dentro do contexto sócio-cultural ao qual está inserido.
Criar estratégias de ensino que favoreça o aprendizado dos alunos, onde estes possam compreender o espaço  através de conceitos geográficos é um caminho a ser percorrido no ensino da geografia atual. É uma necessidade que o aluno entenda e compreenda espaços partindo do estudo de espaços próximos para espaços distantes, assim o aluno passa a entender a relação existente localização dos espaços e suas representações.
Há muitos jeitos de diversificar o ensino de geografia, e no que diz respeito á construção de conhecimentos sobre o espaço a leitura de mapas é uma proposta de significado amplo. Uma proposta que sugere realmente a leitura de mapas, não apenas seu desenho descontextualizado.
Leitura de mapas? Sim! Aprende-se a ler, a fazer cálculos, e também aprende-se a ler mapas, a interpretar informações nele existentes.  O problema é que a escola ainda tradicionalista dá muito valor às áreas de linguagem e cálculo (português e matemática) ao passo de que as outras áreas ficam prejudicadas pelo pouco tempo que o currículo escolar disponibiliza a essas disciplinas, mas não é só isso, afinal a geografia é uma disciplina de “peso” no currículo escolar, mas o pouco tempo que tem essa disciplina é passada de uma forma tradicional.
Para esta ação se faz necessária também que o aluno aprenda a fazer um mapeamento, pode ser de qualquer coisa, o corpo humano, a sala de aula, o trajeto de casa a escola etc, que o aluno construa noções de como fazer esse trabalho, ele precisará estudar o espaço ou objeto a ser retratado no mapa.

Nivia/Rosi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário